Perguntas frequentes sobre a macadâmia (parte 2/2)


As macadâmias cruas são melhores para saúde do que as torradas ?


Não. Macadâmias torradas ou naturais te oferecem os mesmo benefícios. As macadâmias torradas sem óleo (caso da Macadâmia Bela Vista) e salgadas, adicionam apenas uma pequena quantidade de sal à cada porção.


Falando tecnicamente, esquentar ou cozinhar qualquer alimento reduz levemente os níveis de vitaminas B sensíveis ao calor.


Como o consumo de macadâmia ajuda na saúde do cérebro?


Seu cérebro é o centro de comando de todo o sistema nervoso. Ele te ajuda a pensar, lembrar, sentir e mover. Macadâmias contém gordura insaturada saudável, fibra e esteróis vegetais (fitoesteróis) que ajudam a manter a boa circulação de sangue no corpo, incluindo o cérebro.


Macadâmias contém vitamina B1 (tiamina) que é essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso, e possuem também fitoquímicos como antioxidantes. Esses nutrientes são conhecidos por proteger o cérebro da neurodegeneração (danos que ocorrem naturalmente ao longo dos anos). Estudos feitos com grande quantidade de pessoas provaram que o consumo regular de macadâmia reduz o risco de ataques cardíacos, além de impulsionar as funções cerebrais nos idosos. Macadâmias são naturalmente livres de gordura trans que são relacionadas ao desenvolvimento de depressão.


Outro fator da saúde do cérebro é a saíde mental. O estudo SMILES ( foi o primeiro estudo de intervenção que testou a melhoria da dieta como estratégia de tratamento para depressão) demonstrou que a dieta estilo mediterrânea, incluindo nozes e castanhas ajuda a reduzir a depressão. Isso faz da macadâmia uma aliada do bom humor :)



Quantas macadâmias é saudável comer?


Um punhado saudável de macadâmias tem cerca de 30g (mais ou menos 15 nozes). Todo mundo pode se beneficiar de um punhado por dia!


Estudos demonstram que 30g por dia, ajudam a manter o coração saudável sem ganho de peso. Outra pesquisa demonstrou que o consumo de 2 punhados por dia, pode ajudar a reduzir o colesterol, e o consumo de até 4 punhados de macadâmia por dia não te farão ganhar peso (é claro que isso depende do restante da sua dieta e nível de atividade física). Então dependendo das suas necessidades de cada nutriente, você pode considerar comer mais do que apenas 1 punhado por dia.



Comer macadâmias pode reduzir o risco de cancer?


Nenhum alimento sozinho pode previnir, tratar ou curar câncer. Porém, um estilo de vida saudável com uma dieta balanceada incluindo nozes e castanhas como a macadâmia, e a prática de exercícios físicos regularmente podem reduzir o risco. Organizações especializadas no tratamento de câncer de todo o mundo recomendam uma dieta de base vegetal (grãos, vegetais, legumes, nozes e sementes) com pequenas porções de carne magra, frango, peixe e laticínios. Exercícios físicos regulares e limitar o consumo de álcool também são passos importantes para reduzir o risco de câncer.


Sabe-se que incluir mais alimentos de origem vegetal na dieta aumenta a quantidade de antioxidantes. Isso ajuda a reduzir o dano causado por estresse oxidativo e radicais livres, que podem contribuir para o risco de câncer. Macadâmias contém muitos elementos antioxidantes benéficos.



Eu como minhas macadâmias com sal, ainda assim são boas para minha saúde ?


Essa pergunta é traiçoeira! Macadâmias são naturalmente saudáveis, porém sabemos que adicionar sal demais na dieta não é muito saudável porque o sódio contribui para a alta pressão arterial e aumenta o risco de infartos e doenças cardíacas. Em geral, nutricionistas recomendam que você escolha a macadâmia sem sal ou com pouco sal adicionado.



Macadâmias podem fazer parte de de uma dieta comm baixo consumo de FODMAP*?


Sim. Macadâmias são uma das nozes que possui baixo. Você pode consumir cerca de 50g de macadâmias e ainda será considerado baixo FODMAP.


FODMAP é uma sigla do inglês, que significa: oligossacarídeos fermentáveis, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis. Alguns alimentos possuem altos níveis dessas tipos de carboidratos de cadeia curta que não são muito bem digeridos no intestino delgado. Assim eles passam "reto" para o intestino grosso, onde são fermentados. Esse processo produz gás, que pode causar indigestão e/ou desconforto para algumas pessoas.


Em geral, dietas com baixo FODMAP não são recomendadas por longos períodos. Sempre procure um profissional para te acompanhar nas decisões que impactarão sua saúde.


*FODMAP é o conjunto de alimentos fermentáveis que são mal absorvidos pelo nosso organismo e que podem causar desconforto intestinal.



O que são "alimentos essenciais"?


Alimentos essenciais são alimentos ricos em nutrientes, que devemos comer diariamente para manter nossa saúde e bem-estar.


Existem 5 grupos de Alimentos Essenciais:

  • Vegetais - incluindo legumes/feijão

  • Grãos - cereais, majoritariamente integrais e/ou com bastante variedade de fibras, como pães, arroz, massa, polenta, couscous, quinoa.

  • Frutas

  • Carnes e alternativas - incluindo carne magra e frango, peixe, ovos, tofu, nozes e castanhas e legumes/feijões

  • Laticínios e alternativas - incluindo leite, yogurte, queijo e/ou alternativas, majoritariamente reduzidos em gordura

A macadâmia se enquadra em "Carnes e alternativas" e são ideais para refeições sem carne. Saborear um punhado de macadâmia como snack ao invés de salgadinhos processados/industrializados , é uma maneira deliciosa de incluir mais Alimentos Essenciais à sua dieta.





fontes:

https://www.australian-macadamias.org/consumer/health-wellbeing/frequently-asked-questions/

FODMAP https://medigest.com.br/dieta-com-baixo-teor-de-fodmaps/

pesquisas:

https://www.australian-macadamias.org/consumer/health-and-wellbeing-references/

https://bmcmedicine.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12916-018-1228-y

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo